Você sabe qual é o país menos visitado por turistas do mundo? A resposta é um pequeno arquipélago da Micronésia, no meio do Oceano Pacífico, que talvez você nunca tenha ouvido falar: o Kiribati! E ser o país menos visitado do mundo é só uma das peculiaridades deste pequeno e interessante Estado-nação. O Kiribati é um arquipélago formado por 33 atóis, ilhas em forma de anel compostas por recifes de coral, espalhadas por uma área de 3,5 milhões de quilômetros quadrados do Oceano Pacífico, entre a linha do Equador e a linha internacional de divisão de data, o que faz de Kiribati o único país do mundo cujo território se localiza nos quatro hemisférios (norte, sul, ocidental e oriental). A área terrestre habitável do Kiribati é de apenas 800 quilômetros quadrados, onde vivem seus 103 mil habitantes, população menor do que o do bairro paulistano de Perdizes.

O Kiribati recebeu em 2013 apenas 6 mil turistas, de acordo com os dados da ONU (Organização das Nações Unidas), ganhando o posto de país menos visitado por estrangeiros. Isto se deve ao isolamento geográfico e poucos voos internacionais disponíveis. Mas isso não significa que o país não tenha atrativos, muito pelo contrário! Afinal, o Kiribati não fica devendo nada a arquipélagos vizinhos como Taiti, Fiji e Samoa no quesito belezas naturais. Belas praias com águas cristalinas e perfeitas para mergulho, onde é possível ver uma grande variedade de vida aquática, são a grande atração do arquipélago.

Três grandes conjuntos de ilhas formam Kiribati: a oeste, as Ilhas Gilbert, onde fica a capital Tarawa e mora a maioria da população, e que foi cenário de batalhas sangrentas entre as tropas americanas e japonesas durante a 2ª Guerra Mundial. Na região central, ficam as Ilhas Phoenix, que possuem um dos maiores parques de preservação da vida marinha do mundo e é ideal para a observação da vida marinha, com mais de 500 espécies de peixes catalogadas, além de pássaros marinhos, répteis e mamíferos. Ao leste ficam as chamadas Ilhas da Linha, que recebem esse nome por ficarem sobre a linha internacional de divisão de data, o que significa que os novos dias e os novos anos chegam lá primeiro!

Outro bom motivo para visitar o Kiribati é triste. Por ser formado por atóis que ficam em média apenas de 4 a 6 metros acima do nível do mar, o país é um dos mais ameaçados pelo Aquecimento Global e a subida do nível do mar. Por isso, o governo local projeta que o país pode ficar inteiramente submerso em 30 a 60 anos, e já estuda a necessidade de remover toda a população para regiões mais altas.

Ficou com vontade de conhecer esse pequeno, misterioso e belo país? Confira as informações para viajar até lá no portal oficial de turismo do Kiribati!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima